Sábado, 29 de Outubro de 2011

MIGUEL RELVAS

Em especial, para quem viu a entrevista deve gostar de ler isto, e assim dar suporte à irritação que certamente sentiu.

publicado por MAF às 22:31
link do post | comentar | favorito
|

NATUREZA-MORTA NA GULBENKIAN

 

«A Perspectiva das Coisas. A Natureza-Morta na Europa»

 Saiba mais no site da Fundação Calouste Gulbenkian.E antes, para os leigos, como é o meu caso, um conselho: veja o que ALEXANDRE POMAR escreveu no blogue dele sobre a Exposição - Presença da pinturanm dp 55; Natureza-morta: a falta de Giacometti. Entretanto, eu já fui e vou voltar. Aos domingos é gratuito.

publicado por MAF às 22:15
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 26 de Outubro de 2011

APELO NACIONAL

Recebi o «apelo» por e-mail, mas acho que faz sentido trazê-lo para aqui:

APELO NACIONAL

DIVULGAR…

Este Apelo Nacional!

Portugal Afundou... (!)

Queres que aconteça um milagre económico no nosso país?

Então deixa-te de seguir dissertações de economistas ao serviço de interesses, que não os nossos! Não te deixes mais manipular pelo marketing!

Faz aquilo que os políticos, por razões óbvias, não te podem recomendar sequer, mas que individualmente podes fazer:

Torna-te

PROTECCIONISTA

da nossa economia!

Para isso:

1.

Experimenta comprar preferencialmente produtos fabricados em Portugal. Experimenta começar pelas idas ao supermercado (carnes, peixe, legumes, bebidas, conservas, preferencialmente, nacionais).

Experimenta trocar, temporariamente, a McDonalds, ou outra qualquer cadeia de fast food, pela tradicional tasca portuguesa. Experimenta trocar a Coca-cola à refeição, por uma água, um refrigerante, ou uma cerveja sem álcool, fabricada em Portugal.

2.

Adia por 6 meses a 1 ano todas as compras de produtos estrangeiros, que tenhas planeado fazer, tais como automóveis, TV e outros electrodomésticos, produtos de luxo, telemóveis, roupa e calçado de marcas importadas, férias fora do país, etc., etc...

Lê com atenção e reencaminha para que sejamos muitos a ter esta atitude!

Portugal afundou, somos enxovalhados diariamente por considerações e comentários mais ou menos jocosos vindos de várias paragens, mas em particular dos países mais ricos. Confundem o povo português com a classe política incompetente e em muitos casos até corrupta que nos tem dirigido nos últimos anos e se tem governado a si própria.

Olham-nos como um fardo pesado incapaz de recuperar e de traçar um rumo de desenvolvimento.

Agora, mais do que lamentar a situação de falência a que Portugal chegou, e mais do que procurarmos fuzilar os responsáveis e são muitos, cabe-nos dar a resposta ao mundo mostrando de que fibra somos feitos para podermos recuperar a nossa auto-estima e o nosso orgulho.

Nós seremos capazes de ultrapassar esta situação difícil. Vamos certamente dar o nosso melhor para dar a volta por cima, mas há atitudes simples que podem fazer a diferença.

O desafio é durante seis meses a um ano evitar comprar produtos fabricados fora de Portugal. Fazer o esforço, em cada acto de compra, de verificar as etiquetas de origem e rejeitar comprar o que não tenha sido produzido em Portugal, sempre que existir alternativa.

Desta forma estaremos a substituir as importações que nos estão a arrastar para o fundo e apresentaremos resultados surpreendentes a nível de indicadores de crescimento económico e consequentemente de redução de desemprego. Há quem afirme que bastaria que, cada português, substituísse em somente 100 euros mensais as compras de produtos importados, por produtos fabricados no país, para que o nosso problema de falta de crescimento económico ficasse resolvido.

Representaria para a nossa indústria, só por si, um acréscimo superior a 12.000.000.000 de euros por ano, ou seja uma verba equivalente à da construção de um novo aeroporto de Lisboa e respectivas acessibilidades, a cada 3 meses!!!

Este comportamento deve ser assumido como um acto de cidadania, como um acto de mobilização colectiva, por nós, e, como resposta aos povos do mundo que nos acham uns coitadinhos incapazes.

Os nossos vizinhos Espanhóis há muitos anos que fazem isso. Quem já viajou com Espanhóis sabe que eles, começam logo por reservar e comprar as passagens, ou

pacote, em agência Espanhola, depois, se viajam de avião, fazem-no na Ibéria, pernoitam em hotéis de cadeias exclusivamente Espanholas (

Meliá, Riu, Sana ou outras), desde que uma delas exista, e se encontrarem uma marca espanhola dum produto que precisem, é essa mesma que compram, sem sequer comparar o preço (por exemplo em Portugal só abastecem combustíveis Repsol, ou Cepsa)

. Mas, até mesmo as empresas se comportam de forma semelhante! As multinacionais Espanholas a operar em Portugal, com poucas excepções, obrigam os seus funcionários que se deslocam ao estrangeiro a seguir estas preferências e contratam preferencialmente outras empresas espanholas, quer sejam de segurança, transportes, montagens industrias e duma forma geral de tudo o que precisem, que possam cá chegar com produto, ou serviço, a preço competitivo, vindo do outro lado da fronteira. São super proteccionistas da sua economia! Dão sempre a preferência a uma empresa ou produto Espanhol! Imitemo-los nós no futuro!

 

Passa este texto para todos os teus contactos para chegarmos a todos os portugueses.

Quando a onda pegar, vamos safar-nos.

Será um primeiro passo na direcção certa!

publicado por MAF às 14:07
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 25 de Outubro de 2011

TAPEÇARIAS DE PORTALEGRE EM ROMA

Recebi o convite para estar na inauguração da Exposição. Não posso estar, mas com gosto a divulgo aqui em torno de uma das peças.

 

Uma peça rara de Bruno Munari (1907-1998),  uma tapeçaria de Portalegre datada de 1985 está pela primeira vez em exposição em Roma, na Galeria do Instituto Português de Santo António em Roma (IPSAR).

Integrada na exposição “Tapeçaria de Portalegre – Expressão Contemporânea de uma Arte Secular”, a decorrer entre 3 e 27 de
Novembro de 2011, esta obra de Munari - um dos mais completos artistas italianos do Século XX, considerado o pai do design no seu país - acompanha um conjunto de peças dos mais importantes artistas plásticos portugueses seus contemporâneos que dão a conhecer a actividade da Manufactura de Tapeçarias de Portalegre (MTP) ao longo dos últimos 70 anos. A MTP é um dos poucos centros no mundo dedicado a uma das mais antigas e ricas forma de arte da civilização ocidental: a tapeçaria  mural.
A Tapeçaria de Portalegre é uma obra de arte original que resulta de uma parceria única entre o artista plástico, a desenhadora e as
tecedeiras. Mais de duas centenas de artistas, portugueses e estrangeiros, já colaboraram com a Manufactura de Tapeçarias de Portalegre, entre os quais, além de Munari,  Jean Lurçat, Le Corbusier, Sonia Delaunay, Almada Negreiros, Vieira da Silva, Álvaro Siza, Cargaleiro,  Júlio Pomar, Menez, Lourdes Castro, Graça Morais, Rui Moreira, Rigo 23.

Para saber mais: sitito do IPSAR

publicado por MAF às 22:22
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Domingo, 23 de Outubro de 2011

COMO TUDO ESTÁ LIGADO, NA CRISE

 
publicado por MAF às 13:36
link do post | comentar | favorito
|

PERCEBER O QUE ACONTECE

E de repente começa a fazer-se luz para muito do que vai acontecendo na Cultura pelo lado institucional.

publicado por MAF às 13:32
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 19 de Outubro de 2011

TEATRO DA RAINHA em ALMADA e LISBOA

 
 
Se não viu não deixe de ver agora: ELLA e DRAMOLETES I e II. Em LISBOA e em AlMADA nos dias abaixo anunciados. Eu que já vi vou repetir.  
 

 
publicado por MAF às 11:46
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 17 de Outubro de 2011

«Ó MINHA PÁTRIA, TÃO BELA E PERDIDA»

 
E saiba mais através daqui.
publicado por MAF às 22:14
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 16 de Outubro de 2011

15 OUTUBRO 2011

A Comunicação Social sublinhou o burburinho (a que já não assistimos), estas fotos da Judite Garcia documentam o comportamento equilibrado  que marcou o tempo em que estivemos na manifestação. E, em particular, a forma sensata como os agentes de segurança geriram o avanço dos manifestantes para o relvado - e aquele espaço ficou bem mais bonito.  No momento até comentamos isso mesmo.   
publicado por MAF às 20:38
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 15 de Outubro de 2011

FRASES QUE NOS RESUMEM

 
No Programa «Bloco Central» da TSF tinha ouvido um dos intervenientes a fazer alusão ao que Jerónimo de Sousa tinha dito no debate da Assembleia da República como o que melhor expressava o que se está a passar. Encontrei-o depois aqui. De facto, resume-nos.
 
publicado por MAF às 22:48
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

.Outubro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. EXPOSIÇÃO | Cartazes de ...

. DIA INTERNACIONAL DAS MUL...

. Amas, Flores e Velas

. P A R I S

. EM MEMÓRIA DE VICTOR BELÉ...

. NUM DISCURSO DE MIA COUTO...

. «ERNESTO»

. CAPITAIS EUROPEIAS DA CUL...

. NO 1.º DE MAIO | «Insulta...

. 25 ABRIL 2015

.arquivos

. Outubro 2016

. Março 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Agosto 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds