Quinta-feira, 8 de Abril de 2010

AINDA SOBRE O TEATRO NACIONAL DE SÃO CARLOS

Não posso deixar de assinalar que  temas que considero importantes da cultura e das artes estão a merecer alguma atenção por parte da comunicação social. No último Expresso Nicolau Santos na sua coluna habitual escreve: 

 

«O DESASTRE DE DAMMANN  
 
A ministra da Cultura, Gabriela Canavilhas, decidiu interromper o contrato de Cristoph Dammann à frente da direcção artística do Teatro Nacional de São Carlos. Em entrevista a publicar na próxima edição na "Revista Única", a ministra salienta que toma a decisão baseada numa avaliação negativa da qualidade do trabalho desenvolvido por Dammann, avaliação extensiva a muitos melómanos. O que é que isto tem a ver com finanças públicas? Tudo. O contrato do anterior director artístico, Paolo Pinamonti, não foi renovado pela ministra Isabel Pires de Lima, por opção do secretário de Estado, Mário Vieira de Carvalho.  
 Pinamonti era uma unanimidade para os amantes de ópera devido aos excelentes resultados do seu trabalho. Foi afastado por estar contra a fusão do São Carlos e a Companhia Nacional de Bailado, sob a égide da OPART. Contratou-se Dammann e a aposta falhou. Agora, descobre-se que Damman tem um contrato blindado, pelo que o Estado lhe terá de pagar uma elevada indemnização para o afastar e travar o descalabro do São Carlos. Assim se desbarata o dinheiro dos contribuintes, sem que ninguém seja responsabilizado — mesmo que todas as decisões tenham sido tomadas por governos liderados por José Sócrates. » 

Por acaso, ou sem ser por acaso - talvez "deformação profissional" -  penso que seria interessante apurar os montantes de indemnizações que se sucederam ao longo dos anos não só na cultura e nas artes como nos outros sectores.  Por outro lado, aprende-se nos primeiros anos de qualquer curso de gestão que um mau recrutamento tem custos muito elevados  e sem contar com indemnizações, quanto mais quando elas existem e são o que nos dizem. A pergunta que se impõe: e não devia haver explicações públicas sobre estas situações? e assunção de responsabilidades?

publicado por MAF às 21:13
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 1 seguidor

.pesquisar

.Outubro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. EXPOSIÇÃO | Cartazes de ...

. DIA INTERNACIONAL DAS MUL...

. Amas, Flores e Velas

. P A R I S

. EM MEMÓRIA DE VICTOR BELÉ...

. NUM DISCURSO DE MIA COUTO...

. «ERNESTO»

. CAPITAIS EUROPEIAS DA CUL...

. NO 1.º DE MAIO | «Insulta...

. 25 ABRIL 2015

.arquivos

. Outubro 2016

. Março 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Agosto 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds