Quinta-feira, 25 de Novembro de 2010

UNESCO - ESTATÍSTICAS CULTURAIS

 

 

                  

 

E cá estamos na «ressaca da greve». Foi notória a adesão. Pela minha parte conheci pessoas que fizeram greve pela primeira vez. Mas noto uma atmosfera demasiado  triste  em volta da revolta. Há desencanto, estranheza, que se resumem por vezes na pergunta: e agora?

Bom, agora e aqui, lembrei-me de divulgar isto:

2009 UNESCO Framework for Cultural Statistics - FCS 

 Reparei na linguagem e no que se privilegia e observa: Impacto Económico e  o Impacto Social.  Eu continuo a insistir na minha: e o impacto Cultural? Não devia estar no centro, com existência própria?

publicado por MAF às 23:21
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Catarina Martins a 26 de Novembro de 2010 às 19:53
pergunta interessada: como avançar com indicadores estatísticos regulares em Portugal para medir isso mesmo?
De MAF a 27 de Novembro de 2010 às 12:17
Como avançar? Desde logo, reconhecer que não se conhece o sector da cultura e das artes. Tudo o que se diz é «a olho», de todos os lados. Depois exigir que o Estado cumpra a função de proporcionar informação sobre a cultura e as artes que sirvam as necessidades do País e comparável internacionalmente. Para alguns organismos do MC isso está no centro das suas atribuições e competências – é o caso da DGARTES. E, em paralelo, ao exigir-se mais dinheiro para a cultura, anulação de cortes orçamentais, exigir informação, e mesmo dados básicos, para chegarmos ao conhecimento necessário. Teria cabimento perguntar, por exemplo, à DGARTES, como estão os projectos, alguns amplamente anunciados ao longo dos tempos, precisamente sobre sistemas de informação permanentes, em tempo real e on-line. Se isto tivesse sido cumprido, eventualmente, os agentes culturais não precisariam de estar sempre a enviar em candidatura o que já enviaram «centenas de vezes». É a ineficiência em todo o seu esplendor. E pedir estudos e/ou propostas que existam nos serviços sobre a matéria, Serem públicos, como acontece na esfera de outros Ministérios. Permito-me neste quadro, chamar a atenção para posts sobre este assunto neste blogue. Por exemplo: «Cultura e artes: conta satélite»
http://grupoversalhes.blogs.sapo.pt/25359.html
E também gosto de adiantar os estudos que se estão a desenvolver sobre indicadores noutros sectores como por exemplo este: «Sistema de Indicadores de Desenvolvimento Sustentável», que pode ser visto aqui:
http://www.apambiente.pt/Instrumentos/sids/Documents/SIDS%202000/sids_pdf_2000.pdf
É fazer qualquer coisa semelhante para as artes.
Mas é claro que os indicadores servem para acompanhar e avaliar algo que queremos atingir, em termos de curto prazo e de longo prazo, e nós não temos isto para as artes. Onde queremos estar daqui a 20 anos?, perguntou alguém em Encontros que houve sobre o Teatro em 1996. Doutra maneira, precisa-se de explicitar que serviço público queremos garantir a prazo, ponto de partida para a concepção de sistemas de informação, de estatísticas, de indicadores. Como avançar? Precisamos de um Plano para a Cultura. Como para os outros sectores. Aqui não há quer ser «especial».

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

.Outubro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. EXPOSIÇÃO | Cartazes de ...

. DIA INTERNACIONAL DAS MUL...

. Amas, Flores e Velas

. P A R I S

. EM MEMÓRIA DE VICTOR BELÉ...

. NUM DISCURSO DE MIA COUTO...

. «ERNESTO»

. CAPITAIS EUROPEIAS DA CUL...

. NO 1.º DE MAIO | «Insulta...

. 25 ABRIL 2015

.arquivos

. Outubro 2016

. Março 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Agosto 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds