Quinta-feira, 2 de Dezembro de 2010

CORTES CEGOS

 

 

 Ao dar uma volta sobre materiais que podem levar a assuntos que faz sentido tratar neste blogue, encontrei um artigo recente de Fernando Mora Ramos -  penso que foi apenas de circulção restrita -  intitulado «CORTES CEGOS - 23%». Pode lê-lo aqui. E já de seguida, uma passagem:

«Uma sociedade sem teatro, sem dança, sem música - e sem livros, pois o livro é também um objecto ameaçado por muitas vias e mesmo por aquela via que parece fomentar a sua multiplicação, a do livro star, muitas vezes medíocre mas ocupando todo o terreno – o que será? O que será uma sociedade sem o Luís Miguel Cintra, a revisitação praticada de Pessoa e Camões, e desconhecendo Ibsen, Strindberg, Beckett, Brecht e todos os criadores da nova modernidade sensível, a da descoberta da subjectividade como forma embrionária de uma liberdade nova também, sensível e interior, profunda? O que será mais de que uma regressão à barbárie do analfabetismo e da iliteracia militantes – certa incultura tem expressões violentas e age no lugar da ausência da outra, da cultura do pensamento e do espírito enraizados no quotidiano - num momento em que a cultura dominante é o consumo, actividades que do ponto de vista simbólico criam dependências psicológicas dos altares do fluxo constante do espectáculo das mercadorias no âmbito da absoluta comercialização de todas as esferas do espírito?»

Detenho-me em «O que será uma sociedade sem o Luís Miguel Cintra ?»,  podendo eu ampliar: o que será uma sociedade sem a Cornucópia? Naquilo que representam por si, autonomamente, e por aquilo que a partir deles também  se quer dizer: o que será uma sociedade sem as artes? Artes, artes, e não substitutos.

Quanto ao caso da Cornucópia,  o espectáculo em cena - como sempre, não perca - quase que obriga muitos de nós a pensar: o que teria sido a minha vida sem esta gente. Mais pobre de certeza. Na circunstância, é que para além do valor deste último trabalho em si mesmo,FIM DE CITAÇÃO é um brinde suplementar para aqueles que  têm seguido o percurso da Companhia ao longo dos anos, porque nos leva a revisitar tantos e tão importantes espectáculos anteriores. Saiba mais. Mas o que eu tenho recebido da Cornucópia está para lá das artes. Explico-me: eu aprendi muito no âmbito da minha formação de base que é no domínio das finanças e da gestão. Ilustro: expressão clara do que é nuclear na organização;  trabalhar com uma escala ajustada de actividade; organizar toda a intervenção em torno de uma excelência; a maior rendibilidade do gratuito que conheço; ... Peter Drucker, o respeitado autor, o guru da gestão, talvez mais seguido no último século, muito nos aconselhou a aprendermos com estas organizações. Pela minha parte, com os modestos recursos ao meu alcance, não me cansarei de enaltecer o papel da Cornucópia, e de outros, igualmente importantes nas artes, mas diferentes, no desenvolvimento do nosso País: no passado, no presente, e fundamentalmente para o futuro.

publicado por MAF às 23:32
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 1 seguidor

.pesquisar

.Outubro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. EXPOSIÇÃO | Cartazes de ...

. DIA INTERNACIONAL DAS MUL...

. Amas, Flores e Velas

. P A R I S

. EM MEMÓRIA DE VICTOR BELÉ...

. NUM DISCURSO DE MIA COUTO...

. «ERNESTO»

. CAPITAIS EUROPEIAS DA CUL...

. NO 1.º DE MAIO | «Insulta...

. 25 ABRIL 2015

.arquivos

. Outubro 2016

. Março 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Agosto 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds